segunda-feira, 27 de dezembro de 2010

Dêm-nos música: ou o ano de todas as reeleições

Apesar dos pesares (leia-se a crise, as várias crises) 2011 vai ser um dos anos de maior oferta de espectáculos de sempre: dos Xutos e Pontapés, aos Deolinda. De Esther Marrow, aos sempre aclamados Pop Dell'Arte. A que se soam: Kateie Melua, Bon Jovi...
Até o S. Carlos surpreende: Carmen, em Junho!
As Presidenciais, embaladas pelo inconfundível, mas muito audível, batucar ritmado dos Stomp. E o o resto, o resto, ficará certamente por conta do Abrunhosa, já sem registo "Bandemónio", no seu novísssimo "Comité Caviar".

Sem comentários:

Publicar um comentário