Pesquisar no Blogue

terça-feira, 22 de fevereiro de 2011

A pior coisa do mundo


E arredores: a reunião do condomínio.

Começa numa confusão. Acaba numa confusão Promete-se acabar com a confusão e, para isso...tenta-se iniciar um qualquer processo, também ele normalmente confuso.

A coisa dura dois anos, mais ou menos... cada administração é bom de ver. O primeiro para se adaptar a "gerência" à confusão e o segundo , já imbuída do espírito...a armar ainda mais confusão.

Os condóminos tomam partidos, esgrimem-se argumentos e a sala a pouco e pouco divide-se num cenário misto de guerra e abertura bolsista (as somas das permilagens).
Nos piores anos, adopta-se a estratégia de "tábua rasa". Acaba-se com tudo, não se aprova nada e recomeça-se do zero. Foi o caso!


4 comentários:

  1. O meu condomínio aboliu as reuniões, Marquesa. Decidiu colocar-se nas mãos seriíssimas de uma das condóminas, que toma todas as decisões, depois de uma auscultação discreta às partes interessadas, uma a uma. Um sucesso! ;-)

    ResponderEliminar
  2. Que inveja. Amanhã temos a "reunião da administração estreante"... vão ser três horas de boas intenções :)

    ResponderEliminar
  3. Que pena eu tenho de condóminos...! Por isso ando louca por ser "inquilina"...!
    Por enquanto sou inquilina neste lugar na "Net" e não me meto em condomínios caríssimos... e turbulentos.
    Bom Ano

    ResponderEliminar
  4. A Luz a sombra,

    O condomínio aqui não é caríssimo.
    É um normal prédio de Lisboa. Só que turbulento, como todos ;)
    Obrigada e um bom ano também para si.

    ResponderEliminar