Pesquisar no Blogue

sexta-feira, 11 de março de 2011

Noite de terror no Japão

Depois do sismo de 8.9,  um dos maiores de que há memória, se ter abatido sobre o Japão, milhões de pessoas assustadas, retidas, sem poder chegar a suas casas e, vítimas de um apagão de proporções gigantescas, vão enfrentar uma noite de terror. À espera das réplicas.
Para piorar, o enorme apagão, atinge milhões de pessoas. Impedindo-nos a nós e a eles próprios de perceber a real dimensão da tragédia.
Sabe-se já  da instabilidade de um dos reactores da central de Myagi e da evacuação de milhares de pessoas em curso.
Os japoneses, são certamente dos povos mais adaptado a este tipo de reveses da natureza.
A Yu,amiga da minha filha,  a cerca de uma centena de quilómetros de Tókio,  conseguiu comunicar, minutos após a tragédia: Estou bem. Estamos bem. Estou muito assustada. Mas está longe, muito longe do epicentro, mais para o norte. Fustigado já por ondas de cerca de dez metros de altura que se dirigem neste momento para o Hawai...só daqui a umas horas se saberá a real dimensão da tragédia.
Que Deus os acompanhe!

(imagens via facebook)

2 comentários:

  1. George, penso que o tremor de terra nem terá sido o pior. Como refere, para tremores, com uma média de 2.000/ano, estão os japoneses mais do que preparados. O pior terá sido o tsunami, esse, sim, devastador. As televisões internacionais quase só falam nele, como se o outro, o tremor, nem tivesse acontecido.

    ResponderEliminar
  2. Tem razão Luísa...e agora temos o problema das centrais nucleares, sem se saber ainda muito bem a dimensão.

    ResponderEliminar