Pesquisar no Blogue

domingo, 9 de janeiro de 2011

Girassois

Invariavelmente, quando se tratava de oferecer flores, oferecia girassois.
Passei anos, a procurá-los em quintais, hortas, nas beiras das linhas férreas.
Ainda me lembro de uma senhora, a que todos os anos acorria, em finais de Agosto, para os girassois...um jantar e umas flores: e a surpresa dos girassois.
No tempo em que as floristas não se tinham lembrado deles. Não eram moda. Não estavam miniaturizados nem se "organizavam" em bouquets enfeitados. Eram só girassois, de longos pés, às braçadas, que uma vez postos nas jarras, rodavam as cabeças para ver o sol.
Ficava embaraçada quando me perguntavam qual a minha flôr preferida...era suposto serem rosas...às vezes, ainda saía uma túlipa envergonhada. Mas na insistência,  o sorriso aberto: girassois! As minhas flores preferidas são girassois!


George Sand

Sem comentários:

Enviar um comentário