Pesquisar no Blogue

segunda-feira, 2 de maio de 2011

Instantes



Oscilamos, entre madrugar numa rotina decorada, ou permanecer à espera, ansiosamente, da imensidão do desconhecido. Sendo que o brevíssimo instante, quase sempre, se saboreia só depois de dois ou três amanheceres...




(fotografia de Mário Castello. Rio de Janeiro)



Sem comentários:

Enviar um comentário