Pesquisar no Blogue

quinta-feira, 19 de maio de 2011

Danças de Inverno num dia de verão



Rompemos o movimento, na precisão do ritmo.
Ragamos o céu, na imensidão dos passos,
dos tempos precisos, a espreitarem a melodia.
Entre a brancura da terra e, o alvo madrugar do olhar
Num dia de verão.

2 comentários:

  1. Pelo menos para mim, não há som que me fale mais à alma do que o dos violinos. Vou compartilhar o video, ok? A D O R E I

    ResponderEliminar
  2. Força. Fico contente por isso. E muito obrigada pela visita.

    ResponderEliminar