quarta-feira, 24 de novembro de 2010

O lago dos Cisnes e o quebra nozes

É oficial: vão-se iniciar as hostilidades da época "Cisnes e quebra nozes".
Todos os anos, mais ou menos por esta altura, ei-los que chegam!
São várias companhias, todas com nomes eslavos e décors mais que suspeitos, que invadem os Coliseus, entre o final dos concertos de verão e o começo dos circos de natal.
Temos houve em que todos os anos me pareciam os mesmos.Mas nem um pio...era o contributo familiar da minha avó para a educação artística das crianças.Sempre seguido do respectivo e opíparo lanche no Chiado.
Depois seguiu-e o inverso, em excursões com leites com chocolate e bolachas ao S. Carlos e ao coliseu com sobrinhas, filha, filhada e demais meninas da família. A tentar o impossível : que alguém se interessasse por dançar em pontas. Infrutífero. Totalmente infrutífero.
Mas eis que surge a revelação: o avô decidiu dar uma mãozinha à época "cisnes e quebra-nozes" , logo à noite. E, desta feita no gelo.
Espero que não sejam as mesmas bailarinas que sapateavam mais alto que a orquestra a aventurar-se nestes novos "territórios". Por elas, evidentemente.
As meninas estão felizes. Mais por causa das toilettes que exige o "evento", creio...
O avô: conformado.
Considero-me a partir de hoje, reformada da época "Cisnes e quebra nozes".
Assim as meninas da família dêm continuidade...para conseguirem um dia apreciar a dança.

Sem comentários:

Publicar um comentário