quinta-feira, 19 de janeiro de 2012

Ary





"Não parava. Nunca parou. Não há memória de 
o Ary vez alguma ter parado. A não ser agora: por motivo de força maior "

Baptista-Bastos



12 comentários:

  1. Esta música é lindíssima, com um poema fabuloso.

    ResponderEliminar
  2. Sou um bocadinho suspeita, mas também acho. Esta e a estrela da tarde. Obrigada

    ResponderEliminar
  3. Vim ver se era o 'Ary' e era. Fico sempre embasbacada com a força da sua escrita... Razão tem Baptista Bastos, ele parou, em 18 de Janeiro de '84, mas será imortal pela sua obra e nos nossos corações.

    Bj

    Olinda

    ResponderEliminar
  4. Uma força da Natureza, um exemplo de Coragem e Talento. Toda a minha infância está povoada por poemas dele que inspiraram as mais belas vozes deste país. Um Orgulho Nacional.

    ResponderEliminar
  5. Muito bonita esta canção tal como a "Estrela da Tarde".
    E parou "por motivo de força maior".
    O "telegrama" de Baptista Bastos é lindíssimo.
    Bj

    ResponderEliminar
  6. Olinda,

    A obra ficou sim, como o prova o tempo
    Bj e obrigada

    Paulo A L,
    Força da natureza ele era. Acho que sobretudo também era um músico. Uma família de gente com muito ouvido ajudou.
    Obrigada:)
    Obrigada Ana. Hesitei entre esta e a estrela da tarde. Escolhi esta porque o vídeo é mais bonito...o BB esteve bem sim.

    ResponderEliminar
  7. Um dos grandes momentos da parceria Ary/Tordo.
    O Tordo foi meu companheiro de viagem entre Lisboa e Londres quando eu vinha para Macau (1995).
    E ficámos amigos.
    Reencontrámo-nos, uns anos mais tarde, no Facebook.

    ResponderEliminar
  8. Pedro Coimbra,
    Engraçada essa história. E o reencontro , no facebook.
    Obrigada

    ResponderEliminar
  9. Respostas
    1. Muitas saudades.
      Obrigada Maria, volte sempre

      Eliminar