Pesquisar no Blogue

segunda-feira, 4 de julho de 2011

Palavras e silêncios


Hoje emocionei-me com palavras e silêncios, entrelaçados ao raiar da madrugada.
Uma página semi aberta, nesta imensa blogosfera, povoada de emoções.
Não consegui pô-la na estante. Muito menos cerceá-la de qualquer capa.
Segurei-a somente numa pasta amarela. Dessas que criamos ao sabor dos acontecimentos e podem funcionar como brisa, como aconchego, como o suave perpetuar de um luar...



 quadro: Nú, folhas verdes e busto  de Pablo Picasso

3 comentários:

  1. É bom quando conseguimos ter uma capa amarela.
    O texto irradia beleza, tal como ficou maravilhada!

    ResponderEliminar
  2. Peca por tardio o meu comentário justificado apenas por uma irritante anomalia técnica provocada pela ZON. Sim, a internet é um espaço de surpresas, emoções e silêncios. Faltam-me palavras para deescrever a emoção. Mais fácil será elogiar a qualidade conceptual do Post... a magnífica escolha de Picasso a emoldurar a excelência de uma escrita inspiradora... o resto.. a emoção, a sensibilidade, a ternura guardo-as, também, numa pasta, mesmo ali ao lado da caixa de memórias."
    0H00... E a esta hora elas teimam em manter-se em silêncio...
    Luis Bento

    ResponderEliminar
  3. Obrigada pelos vossos comentários. É um estímulo para contínuar a escrevinhar.

    ResponderEliminar