sábado, 13 de abril de 2019

Quiosque amarelo



Desceu a par e passo até ao largo, inundado de luz e pespontado a quiosque amarelo.
Comprou o jornal dessa manha e embrulhou meticulosamente com ele, o olhar. Depois, dirigiu-se às margens que lhe sulcavam devagarinho o espanto. E só aí, se desaguou em foz.

Sem comentários:

Publicar um comentário